Top blogs de receitas

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Sopa Equatoriana de Batatas, Queijo e Ovos

Olá, o frio pode ter diminuído, mas ainda não foi embora por completo, então as sopas estão a todo vapor aqui em casa! Hoje decidi fazer uma sopa simplesmente incrível e super diferente. O Thiago, meu marido, morou no Equador, e quando voltou trouxe na memória uma sopa que ele sempre tomava em um restaurante. Ele não tinha a receita certa, mas sabia os ingredientes que havia, então descreveu tudo para minha mãe, que grande cozinheira que era, conseguiu reproduzir exatamente o que ele queria! Então, anote a receitinha e surpreenda-se, pois é maravilhosa!!


Sopa Equatoriana de Batatas, Queijo e Ovos





Ingredientes:

1 kg de batatas
1 cebola grande
5 xícaras (chá) de água
2 xícaras (chá) de leite
250 g de queijo minas fresco em cubinhos
6 ovos
Sal e pimenta do reino a gosto

Preparo:





Descasque as batatas e as cebolas e corte-as em pedaços grandes. Coloque em uma panela de pressão juntamente com a água e cozinhe por aproximadamente 20 minutos após a panela começar a apitar. Desligue o fogo e teste para ver se as batatas estão macias. Bata no liquidificador até que vire um creme, e devolva na panela. Acrescente o leite e misture. Tempere com sal e pimenta, e coloque o queijo. Junte então os ovos, um a um, com cuidado para que as gemas não estourem. Deixe cozinhar por 5 minutos sem mexer, para que as gemas permaneçam intactas. Desligue o fogo e sirva com pão, azeite, pimenta, e até mesmo limão!¡Buen apetito!




DICA:

Essa receita serve até 6 pessoas, por isso coloquei 6 ovos. Se quiser colocar mais, fique à vontade! 


NÃO VIVO SEM...


Panela de pressão!





Nem você, né? Só que panela de pressão é igual animalzinho de estimação; se tem, tem que cuidar com carinho, mesmo por que se não for bem conservada pode causar graves acidentes! Então, sempre observe a borracha, o pino, se está entupida, e siga sempre as recomendações do fabricante. Hoje em dia existem modelos bem mais seguros. Eu tenho uma dessas modernas, anti- aderente é claro, para facilitar a vida!¡Adiós amigos! 


terça-feira, 30 de julho de 2013

Bolo de Cenoura

Acho que eu nunca conheci ninguém que não goste de Bolo de Cenoura. Mesmo quem não gosta de cenoura, gosta desse bolo. Meu maridão ama, e meu sobrinho Ulisses também. E essa é mais uma receitinha que tem cheiro de infância para mim... Quem ainda não tem uma receita legal, anote essa que é deliciosa!! 

Bolo de Cenoura



Ingredientes:

Para a massa:

1/2 xícara (chá) de óleo
4 ovos
3 cenouras médias raladas
2 xícaras (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 colher (café) de sal

Para a cobertura:

1 colher (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 xícara (chá) de açúcar
3 colheres (sopa) de leite

Preparo:

Massa:



Pré-aqueça o forno a 180°. Unte e enfarinhe uma forma com furo. No liquidificador, adicione o óleo, os ovos e por último a cenoura ralada. Bata até ficar bem homogêneo. Adicione o açúcar e bata por aproximadamente 3 minutos. Em um recipiente grande, coloque a farinha peneirada. Despeje a mistura batida. Misture com uma espátula, e quanto estiver bem lisa, acrescente o sal e o fermento, e misture delicadamente somente para incorporar. Despeje a massa na forma e leve ao forno por aproximadamente 40 minutos. Retire do forno e espere alguns minutos para desenformar.

Cobertura:



Depois que o bolo estiver pronto e esfriando, faça a cobertura. Em uma panela, junte a manteiga, o chocolate e o açúcar e mexa. Quando essa mistura virar uma "farinha", acrescente o leite e misture para que vire uma calda líquida mas ligeiramente grossa. Desligue o fogo.

Desenforme o bolo e espalhe a cobertura por cima. Coma quente, que é bom demais!



DICA:

Outra opção de cobertura para esse bolo é a cobertura de brigadeiro. Meu marido até prefere. É só seguir os mesmos passos de um brigadeiro, só que deixar mais mole. Essa cobertura agrada mais as crianças também! 

NÃO VIVO SEM...

Liquidificador!



E quem vive sem? Acho que é quase impossível encontrar uma casa onde não haja um liquidificador. Também, ele é extremamente útil para bater bolos, cremes, pudins, maionese, sucos, vitaminas... enfim, uma infinidade de coisas. O único inconveniente é lavar, mas eu não tenho esse problema, pois sou alérgica à detergente e não lavo louça!! Ufa!! Tchau e até a próxima receitinha! 

terça-feira, 16 de julho de 2013

Tomates Pelados/Molho de Tomates

Quem não adora uma boa macarronada? E se for com um molho de tomates frescos, então? Não vou dizer que nunca uso molhos industrializados, mas sempre dou preferência por fazer meu próprio molho. Então seguem 10 passos para se preparar tomates pelados, e um molho que pode ser armazenado na geladeira por até um mês:

Tomates Pelados/Molho de Tomates

Passos:

1) Faça uma cruz com uma faca na base dos tomates;
2) Coloque-os em uma panela e cubra com água;
3) Deixe ferver;
4) Se você quiser tomates mais firmes, retire-os quando a pele começar a soltar, se quiser fazer um molho mais encorpado, deixe amolecer mais um pouco;
5) Escorra a água e leve os tomates a um recipiente com água bem gelada ou com cubos de gelo;
Depois que estiverem frios, retire a pele com as mãos, e para tirar esses "miolinhos" escuros, corte com uma tesoura;



6) Você pode armazenar os tomates pelados, ou já preparar um molho e depois armazenar;
7) Para fazer o molho, refogue uma cebola pequena picada em duas colheres (sopa) de azeite; acrescente os tomates e deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos. Desmanche um pouco os tomates com a ajuda de uma colher de pau, deixando pedaços ainda grandes, ou se preferir um molho mais liso, depois de pronto bata no liquidificador
8) Para a armazenagem, utilize recipientes de vidro (reaproveite vidros de molhos prontos, de azeitonas, de palmitos ou qualquer outro que você tiver
9) É importantíssimo que estes vidros sejam previamente esterilizados, imersos em água fervente por 20 minutos, inclusive as tampas.
10) Despeje os tomates ou molho nos vidros e conserve na geladeira por até um mês. 

Prontinho!!






sábado, 13 de julho de 2013

Hambúrguer Caseiro e Maionese Caseira

Sumi de novo... Agora voltei!! Esse semestre acabei um curso e agora terei mais tempo para me dedicar ao blog. Hoje vou postar a receita de uma das coisas que eu e meu marido mais amamos comer: Hambúrguer. Nós adoramos ir a essas hamburguerias estilosas, e temos uma lista das 10 melhores de São Paulo que estamos tentando conhecer (aos poucos). Sim, comemos hambúrguer de rede fast food, mas somos realmente apaixonados por um bom Hambúrguer caseiro, ou Gourmet como muitos chamam, acompanhado de uma maionese feita artesanalmente, e não industrializada! Ai, resolvemos botar a mão na massa e aprender a fazer em casa, já que adoramos estar na cozinha!! Então, se você também é apaixonado por essa delícia, anote as receitas:

Hambúrguer Caseiro e Maionese Caseira



Ingredientes:

Para o Hambúrguer:

1 kg de carne moída (exceto acém)
1 colher (sopa) de manteiga
1 colher (sopa) de cebola batida
1 xícara (chá) de ervas frescas (cebolinha, salsinha, manjericão, hortelã, alecrim, tomilho, orégano... o que você tiver em casa)
Sal e pimenta do reino a gosto

Para a Maionese:

2 ovos
1 colher (sobremesa) de mostarda
1/2 limão espremido
1 colher (café) de sal
Óleo (o quanto for necessário)
Azeite (para finalizar)

Preparo:

Hambúrguer

Em um recipiente grande, junte todos os ingredientes à carne moída e misture até que dê "liga". Cubra ou tampe o recipiente e deixe descansar na geladeira por 20 minutos. Retire a carne da geladeira, e separe em 8 partes iguais (125 g cada parte). Faça bolas de carne com as mãos, e depois molde em forma de hambúrguer (você pode optar por fazer um hambúrguer mais gorducho ou mais fino, lembrando que na hora de fritar ele encolhe). Eu moldei com um moldador que minha mãe me deu, e que deixa o hambúrguer bem redondinho, mas dá pra fazer com as mãos também. Em uma frigideira quente, despeje um fio de óleo e frite os hambúrgueres, de preferência um por vez, pois eles soltam mais água se fritos juntos. Deixe no ponto desejado. Coloque uma fatia de queijo em cima do hambúrguer ainda quente para derreter. Sirva com pão de hambúrguer, alface, tomate e claro com a maionese caseira e o que mais desejar!

Maionese:


Coloque os ovos, a mostarda, o limão, e o sal no liquidificador. Tampe mas deixe aquela tampinha menor aberta. Comece a bater e ao mesmo tempo vá despejando óleo aos poucos, sem parar. Você vai perceber que o liquidificador vai começar a ter mais dificuldade para bater, pois a mistura vai endurecendo. Quando você perceber que está quase no ponto de maionese (baseie-se na maionese industrializada) troque o óleo pelo azeite para finalizar (se desejar, se não, continue com o óleo). Coloque a maionese em um recipiente e leve à geladeira para gelar enquanto o hambúrguer fica pronto! Nham!!!



DICAS:

1)Para nós (meu marido e eu), o ponto do hambúrguer é tostadinho por fora, mas rosadinho por dentro (apesar de agora eu ter que comer bem passado, por conta da gravidez). Para o mal passado, é melhor fritar em fogo mais alto, para o bem passado, em fogo baixo, com a frigideira tampada.

2)Depois da maionese pronta, você pode incrementá-la, batendo no liquidificador com alho, ou ervas frescas, ou azeitonas pretas... Use a imaginação!!

NÃO VIVO SEM...

Tigelas de vidro!



Elas são muito úteis, higiênicas e bonitas! É sempre bom ter de vários tamanhos, e pode até ir à mesa com uma salada ou sobremesa!!